5 maneiras de uma mãe ter tempo para seus filhos mesmo trabalhando fora

março 14, 2016

Há muitas maneiras, além destas cinco, de encontrar tempo para os filhos mesmo trabalhando fora. Quando eles sentem o amor de suas mães, mesmo em atividades simples, são muito mais felizes.

Muitas mães optam por trabalhar fora pela situação financeira, profissional ou social. Elas podem ser mães tão excelentes quanto as que se dedicam totalmente a estar em casa com os filhos. Há situações em que mães que trabalham fora dispõem de mais tempo para os filhos do que as que ficam com os pequenos, que acabam atarefadas com a casa e outras ocupações.

Filhos necessitam de amor e de tempo exclusivo. É importante para eles que atenção e carinho sejam diários. Há muitas maneiras de se conseguir isso, aqui vão apenas cinco ideias:

  • 1. Café de manhã

    Neste horário, todos estão sonolentos e meio distantes. Uma mãe que consegue fazer desta refeição algo agradável e positivo proporciona um tempo admirável para os filhos. Não precisa ser nada sofisticado, mas estar com eles enquanto se alimentam, mostrar preocupação com o que ingerem e sobretudo estar junto, faz a diferença no decorrer do dia da criança e da mãe.

  • 2. Idas e vindas

    Um outro tempo precioso é o levar e buscar da creche, escola, casa da avó ou outra atividade. Durante estas viagens, sejam automotivas ou não, muita coisa pode ser feita. Conversar, ajudar o filho a se preparar para uma prova ou fazer brincadeiras de viagem durante o trajeto demonstram amor e atenção necessários às crianças ou adolescentes. Se este não é um costume e o desejo é de mudar o estilo de vida, poderá haver alguma resistência por parte dos filhos, mas logo passa e eles sentirão que a nova postura é benéfica para todos.

  • 3. Antes de dormir

    Fornecer um tempo exclusivo ao filho lendo um pouco, discorrendo sobre os acontecimentos do dia, comentando sobre os sonhos futuros ou brincando proporciona bem-estar e compreensão, além de estreitar os laços mãe-filho. A cumplicidade será mais forte com esta atitude.

  • 4. Responsabilidades domésticas

    Incluir a criança ou adolescente no preparo das refeições, limpeza da casa, ida ao supermercado, lavagem do carro, reparos da casa ou em outras tarefas também é benéfico, o trabalho se torna menos cansativo, pode muitas vezes se tornar muito divertido e é uma maneira de estar junto ao pequeno.

  • 5. Passeios

    Reservar um horário aos finais de semana para que a criança passeie e se divirta com a mãe é ótimo para ambos. Há infinitas possibilidades, passeios ao ar livre, jogar bola, ir ao cinema, parque de diversão, praia, casa dos avós, restaurantes, teatro, apresentações musicais ou culturais, visitar amigos ou parentes, enfim, muita coisa pode ser feita com o filho e estes momentos únicos ficarão na memória de todos.

    Para a mãe que fica fora a maior parte do dia, contatos curtos por telefone, mensagem ou bilhetes deixados em suas mochilas ou armários provam que o amor compartilhado nestes e outros momentos são reais, que a criança ou adolescente está sempre no pensamento da mãe, mesmo que atarefada. Ao sentir-se importante, o filho vai crescer mais seguro e confiante, sabendo que sua mãe o ama e se preocupa com ele mesmo estando longe do alcance da visão.

Educação infantil se dá em casa! – Mário Sergio CortellaComo ensinar ética para as crianças?