Não deixe a culpa dominar você

fevereiro 04, 2016

Paternidade é viver em constante conflito de emoções. E, quando se trata de broncas e castigos, a culpa muitas vezes bate forte.

No processo de educação é necessário deixarmos bem claros os limites. Videogame 30 minutos por dia, sair para brincar só no fim de semana e sobremesa apenas depois do jantar.

São regras básicas, mas que acabam se tornando um desafio no dia a dia, pois a molecada vai tentando quebrá-las a todo momento. Ao crescerem, as crianças vão começam a ter vontades e vão testar você a todo momento. Por mais que saibamos a necessidade de manter esses limites, muitas vezes bate uma culpa.

“Será que não estou sendo rigoroso demais? Tadinho, ele quer jogar mais um pouquinho só de videogame! E se eu deixar só hoje?”

Certeza que essas dúvidas já passaram na cabeça dos pais. Essa é a culpa sussurrando o que devemos fazer. Porém é necessário ignorar esses conselhos. O maior perigo na educação é justamente quebrar as regras.

Por mais culpa que você sinta, é necessário resistir, pois, caso contrário, seu filho irá aprender da pior forma possível, e isso não será bom para ninguém.

O truque aqui é não se sentir culpado. Entenda que, ao impor limites para os seus filhos, você os está educando! E educação é o maior legado que você pode deixar para eles!

Fonte

Dicas para ajudar ser filho a obedecer maisQuantas horas você passa realmente com eles?